Livre pra voar

Hoje quando te vi senti meu coração bater mais forte e pra ser sincera, não sabia o por que. Fiquei um pouco assustada, admito, mas gostei dessa sensação, entretanto me veio à dúvida e o desejo de saber se é você, se sempre foi você.
Estou demorando um pouco para lhe escrever, porque enquanto procuro palavras, penso e me pergunto se essas batidas aceleradas seriam a resposta que tanto espero ou esperava.
Ainda não estou convencida e também não sei se foi um sinal ou apenas um alívio de ter te reencontrado depois de tanto tempo. Sim, quase um mês sem te ver, muito tempo.
Queria ter tamanha coragem para chegar e abrir meu coração, mas não consigo. Confesso que me falta maturidade para fazer isso e enquanto não digo diretamente, tento deixar explícito por gestos, olhares e brincadeiras, o que não sei se tu entendes, mas espero verdadeiramente que sim.
Não sou tão boa com demonstração e é nessas horas que entram os artifícios de meu trabalho, o teatro. Como numa peça sem falas, há gesticulação, ou melhor, expressão e junto dela, nada melhor do que impressão, né?!
Seu sorriso me faz voar. Não, voar não, coisa sem graça, ninguém voa, isso é ilusão. Vou recomeçar...
Seu sorriso me faz bem, muito bem. Não só ele, mas ver nossa evolução, ter diálogo, amizade talvez. Você é um enigma pra mim. Gostaria de saber seus pensamentos quanto a mim e não só isso, gostaria que sentisse algo por mim. Será que existe essa possibilidade? Não é um pedido, é uma dúvida. Seus olhos me dizem que sim, sua voz não me diz nada.
Esses dias eu estava revirando meus arquivos e encontrei fotos, não nossas, fotos do dia em que conversamos pela primeira vez. O primeiro dia que nos tocamos, que você pegou em minha mão, que sorriu pra mim. Daquele dia em diante, isso faz um ano, não consegui parar de te observar. Ok, não era tão explícito assim, mas já pensava em ti e procurava sempre estar por perto. Lembra-se da importância que me deu aquele dia? Do apoio e cuidado que teve e me deu? Não deve lembrar, mas foram atitudes que marcaram e a lista só fez crescer desde então. Por esses e outros motivos te quero aqui.
Até onde sei, não é a hora certa, mas sei por homens e não por Deus, por isso só vou parar de persistir ou não, se Ele disser que não vale a pena, aí sim te deixo livre para voar, como uma borboleta que busca liberdade e procura novos jardins a cada dia, novas flores até encontrar a que te faz bem e te satisfaz.

Carolina Ribeiro

20 comentários:

  1. Nossa! Muito profundo! Lindo texto! A inspiração deve ter sido muito boa!
    www.cariocabonita2014.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Obrigadaaa, digamos que sim! hehehehe

    ResponderExcluir
  3. Que texto lindo fofa, parabéns ... gostei muito, continue assim .

    ResponderExcluir
  4. "Você é um enigma pra mim. Gostaria de saber seus pensamentos quanto a mim e não só isso, gostaria que sentisse algo por mim. Será que existe essa possibilidade? Não é um pedido, é uma dúvida. Seus olhos me dizem que sim, sua voz não me diz nada".
    Ai meu coração </3 me lembrou de alguém que já foi meu e ainda não superei...

    Você escreve super bem!

    http://www.bilhetedagarrafa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahhahaha sempre tem, né?! Infelizmente, eu diria! Muito obrigada e olha, bola pra frente que atrás vem gente, como diz minha vó! um beijooo

      Excluir
  5. Parabéns, você tem muito talento, lindo texto!!!
    Beijos
    www.bhparaomundo.com.br

    ResponderExcluir
  6. Muito belo o texto, imagino que esteja bem inspirada (e de coração voando)... ^^
    Ah, eu ando com o coração vazio e me reerguendo, mas bem. :)
    Belo texto!
    Beijo, Min - http://www.yasminbueno.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez rsrs levante a cabeça, lindona! O melhor está por vir, um beijo e obrigada

      Excluir
  7. ESTOU APAIXONADA NESSE TEXTO, SÉRIO. ADOREI SEU BLOG <3

    leticiaeostreze.com

    ResponderExcluir
  8. Desapegar as vezes é tão difícil, por isso coloquei meu coração nas mãos de Deus.

    http://www.meucotidiano.com ,
    @priscilafrr / [Fan page]
    beijo.

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bom?
    Nossa, que texto lindo, profundo *-* você escreve muito bem! Parabéns! Me fez parar para refletir aqui :D beijos e feliz ano novo, que 2015 seja um ano muito bom e de muita inspiração!
    http://resenhandoaarte.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Tudo ótimo, graças a Deus! Muito obrigada, fico feliz em saber! Tudo em dobro pra você, lindona. Que Deus te abençoe!

      Excluir
  10. Você foi indicada na TAG: The Liebster Awards ,dá uma olhada lá no meu blog,espero que goste!
    http://sweet-ilove.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Carol,adorei o seu blog e o post! Até me inscrevi no seu blog! Parabéns! Beijos! E visite o meu blog: http://lavineaolirosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lavínea, mil desculpas! Só vi o comentário hoje. Muito obrigada e pode deixar que visitarei o seu! um beijo

      Excluir